In:

Sound-Track, o som da sua trilha: Maravilhosa Graça, linda história

Sound-Track, o som da sua trilha: Maravilhosa Graça, linda história

In:

Maravilhosa Graça, linda história

video


A música é a arte eterna e sobre as músicas, na verdade não são elas que fazem parte da nossa história, somos nós que a pegamos emprestadas para fazer nossos sentimentos serem cristalizados em momentos especiais, fazemos delas fotografias das emoções e então passamos por elas. A história dessa música, além de nos fazer refletir sobre a maravilhosa graça do Senhor, também nos faz lembrar sobre a incrível capacidade que o homem tem de ser cruel e maltratar a outros seres humanos. O mais lindo disso tudo é que Deus transforma histórias tristes em pilares para nossa fé. "Os mais belos hinos e poesias, Foram escritos em tribulação, E do céu, as lindas melodias, Se ouviram, na escuridão".

In:

Categoria: Rock n' Roll

Rock and Roll (também escrito Rock n' Roll) é um gênero de música que emergiu e se definiu como estilo musical no sul dos Estados Unidos durante a década de 50, rapidamente se espalhando pelo resto do mundo. Evoluiu mais tarde para diversos sub-géneros no que hoje é definido simplesmente como "rock".

O rock n' roll nasceu da mistura de 3 gêneros musicais distintos da música americana: blues, country e jazz.

Atualmente, a palavra "rock and roll" tem diversos significados, seja para definir o rock tradicional ao estilo dos anos 50, ou para definir o rock surgido posteriormente, e até mesmo certas vertentes da música pop. Desde finais da década de 50 até atualmente,o rock é o estilo musical mais popular do mundo.


Os instrumentos mais comuns no rock'n'roll são a guitarra elétrica, o baixo, a bateria, e muitas vezes um piano ou teclado, embora no início, o principal instrumento tenha sido o saxofone, posteriormente substituído pela guitarra no final dos anos 50.

A década de 60 foi o mmento mais popular e prolífero do rock, trazia as idéias de quem tinha visto o rock surgir e de quem não havia conseguido sucesso na década anterior. O movimento anti-guerra e as drogas, combinados, deram origem ao pensamento dessa década.

No final da década de 60 houve um retorno a um rock mais direto e primitivo, como uma resposta daqueles que não gostavam da psicodelia, sendo que como resultado a psicodelia sumiu, deixando somente o seu "filho": o rock progressivo.

Na década seguinte o rock ganhou mais peso, atitude e comercialização, e nos anos noventa, o estilo começa a entrar em decadência. Nos anos 200, com o Pop dominando as paradas, o rock parecia ter perdido a força.

No entanto uma nova vertente do estilo, mais consciente sobre a relação do rock e a diversidade da música surgiu, demonstrando toda a vitalidade do ideal do "rock'n'roll" que insiste em não morrer. Grupos com influências diversas se dividiram entre aqueles que eram excessivamente influênciados por outros estilos de música e aqueles que preferiam manter a crueza dos fundamentos. Tendo em comum, porém a aceitação da heterogeneidade e a exaltação da história trilhada pelo rock até então, motivo pelo qual muitas das bandas surgidas nessa época serem acusadas de apenas "requentar" fórmulas já expostas por outras bandas.

Uma das bandas que comumente é associada a esse período é The Strokes. Porém o título de "salvadora do rock" é impreciso uma vez que a banda não se impôs como um novo paradigma. No entanto, trouxe a tona o hábito, por parte da mídia e do marketing, de eleger aquele que deveria segurar as rédeas do meio cultural do rock, o que eventualmente acaba não acontecendo.


Mas não foram só os Strokes que viraram queridinhos da mídia: The Vines, Yeah Yeah Yeahs, Interpol, Libertines e White Stripes tambem foram chamados de "the next big thing", tendo, no entanto, apenas uma importância módica na cultura pop.

No outro lado da questão, algumas bandas surgiram e/ou se estabeleceram distante de círculos hypados dos jornais de Londres e das pistas de dança modernas. Algumas delas são: Queens of the Stone Age e The Mars Volta.



The Strokes - Last Night

Diz aí: vc acha que eles realmente foram os "salvadores" do rock?